ENERGIA SOLAR


Esse processo utiliza células fotovoltaicas, que estão incapsuladas dentro das placas solares, geralmente feitas de silício ou outro material semicondutor. Ao serem expostas à radiação solar, as placas geram eletricidade.

Simplificadamente, a incidência da radiação sobre esses materiais favorece a movimentação dos elétrons de um lado para outro, produzindo uma diferença de potencial e, consequentemente, uma corrente elétrica.

Além das usinas fotovoltaicas que produzem eletricidade em grande escala, o mercado atual oferece soluções aplicáveis às residências, às indústrias e aos comércios. Como exemplo, os sistemas fotovoltaicos on-grid, off-grid e híbridos são ideais para prover independência e autonomia em energia.

Os geradores on-grid são conectados à rede elétrica pública, e permitem a geração de créditos de energia que podem ser utilizados para abatimento na conta de energia e consequente economia no consumo de eletricidade. Os off-grid não possuem conexão com a rede elétrica e, por isso, são utilizados em regiões com acesso remoto, tais como, as rurais. Neste caso, a energia gerada pode ser utilizada imediatamente durante o dia, por exemplo, ou armazenada em baterias para uso noturno.

Isso tem facilitado ainda mais o acesso a essas tecnologias no nosso dia a dia, garantindo competitividade com outras fontes de energias convencionais.